Política

Informações:

Sinopsis

Comentários de Arnaldo Jabor, Fernando Gabeira, Kennedy Alencar, Lourival Sant'Anna, Merval Pereira, Renata Lo Prete e Wálter Maierovitch, além dos quadros Época em Destaque e da Rádio Sucupira

Episodios

  • 'Partida de Olavo de Carvalho deixa o bolsonarismo órfão'

    25/01/2022 Duración: 07min

    Natuza Nery comenta o impacto político da morte de Olavo de Carvalho. Para ela, fato pode provocar uma cisão entre os apoiadores de Bolsonaro, já que o influenciador vinha se distanciando do governo. Na avaliação da comentarista, enfraquecimento do bolsonarismo deve se refletir nas urnas e dificultar a reeleição do presidente.

  • Com Simone Tebet, MDB busca eliminar 'pecha de partido que não leva à frente suas candidaturas'

    25/01/2022 Duración: 22min

    Vera Magalhães comenta o avanço da candidatura à Presidência da senadora do Mato Grosso do Sul, Simone Tebet, pelo MDB. Atualmente em São Paulo, a parlamentar tenta se fazer conhecida no maior colégio eleitoral do país e inicia a montagem de sua equipe de campanha. Segundo Vera, o perfil de 'neutralidade' da parlamentar pode ser a arma do partido para transitar em eleições polarizadas.

  • Por que a terceira via não está 'emplacando'?

    25/01/2022 Duración: 08min

    Na visão de Maria Cristina Fernandes, a resposta para essa pergunta é porque, 'em grande parte, a terceira via viria a ocupar o centro, que é o grande espaço político do Brasil'. Porém, a comentarista pontua que Lula está 'comendo este centro pelas beiradas' e, assim, dificultando a decolagem da terceira via. 'Além disso, traz uma pergunta inevitável: como vai se comportar o mercado financeiro ante uma possível eleição do ex-presidente?', questiona Maria Cristina.

  • Familiares cogitam trazer o corpo de Olavo para o Brasil para fazer um funeral de homenagem

    25/01/2022 Duración: 03min

    O relato é de pessoas próximas à família de Olavo, como apurou Bela Megale. O 'guru do bolsonarismo', como era conhecido, vivia nos Estados Unidos. Paraná e São Paulo são os prováveis estados onde acontecerá o funeral. Bela destaca a comoção do governo pela morte do ideólogo, mas não confirma a presença de Bolsonaro em um eventual velório no Brasil.

  • Após morte de Olavo de Carvalho, olavistas 'entram em rota de colisão pública com o bolsonarismo'

    25/01/2022 Duración: 06min

    Vera Magalhães analisa os efeitos políticos da morte do ideólogo Olavo de Carvalho. Se no início do governo Bolsonaro Olavo era a base intelectual das diretrizes políticas, ao longo dos três anos de mandato isso foi enfraquecido, principalmente, após as saídas dos ministros Abraham Weintraub e Ernesto Araújo. Weintraub quer ser governador de SP sem o aval do presidente; Araújo criticou a presença do centrão no Executivo.

  • Anvisa reclama de falta de proteção da PF contra ameaças; prioridades do Orçamento; e impactos da 'PEC dos Combustíveis'

    25/01/2022 Duración: 25min

    A repórter Thaísa Oliveira destaca que a cúpula da Anvisa levou ao STF uma reclamação contra a falta de providências por parte da Polícia Federal sobre os pedidos de proteção a diretores ameaçados. Apesar das mais de 300 ameaças contra funcionários e instalações e de duas solicitações de apoio ao Ministério da Justiça e à PF desde novembro, a agência ainda não teve a segurança reforçada. Carlos Andreazza e Marcella Lourenzetto destacam que, ao sancionar a previsão de recursos para 2022, Bolsonaro evidenciou as prioridades de governo e as estratégias da própria campanha à reeleição. Andreazza e Lourenzetto entrevistam o economista e professor da PUC-Rio, Luiz Roberto Cunha. Ele fala sobre os impactos da 'PEC dos Combustíveis' que, na prática, pode ser pouco efetiva para o consumidor e gerar um rombo fiscal.

  • 'Existe uma resistência muito grande na ala política à ideia de Moro se filiar ao União Brasil'

    24/01/2022 Duración: 24min

    No retorno do Viva Voz, Vera Magalhães comenta a possibilidade do candidato à Presidência, Sergio Moro, deixar o Podemos, ao qual se filiou recentemente, para se juntar ao União Brasil. Segundo a comentarista, há 'certa ojeriza ao nome do ex-juiz' na sigla, junção do DEM com o PSL. Alguns parlamentares consideram a Lava-Jato, operação que levou Moro aos holofotes, uma 'caça às bruxas dos políticos.'

  • Bolsonaro sanciona um Orçamento de 'presidente acuado'

    24/01/2022 Duración: 08min

    O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, o Orçamento de 2022, neste domingo. 'O corte de gastos limitado a um terço daquele sugerido pelo ministério da Economia e a preservação de uma brecha para reajuste de servidores indica que o presidente distribui agrados que, em caso de derrota eleitoral, lhe permitam sobreviver ao fim do seu governo', analia Maria Cristina Fernandes.

  • Possível filiação de Sérgio Moro encontra resistência de 'caciques importantes' dentro do União Brasil

    24/01/2022 Duración: 08min

    Vera Magalhães apurou que o ex-juiz e ex-ministro se reuniu, nesta manhã, com representantes do Podemos, partido ao qual é filiado no momento, e do União Brasil. Ela conta que um dos maiores obstáculos são os remanescentes do DEM, principalmente ACM Neto, que é candidato favorito ao governo da Bahia.

  • Orçamento de 2022 sancionado; os 'bastidores' da PEC dos Combustíveis; e a polêmica envolvendo o Telegram

    24/01/2022 Duración: 26min

    A repórter Thaísa Oliveira destaca que saiu hoje no Diário Oficial da União a sanção do Orçamento de 2022 pelo presidente Jair Bolsonaro. O presidente vetou cerca de R$ 3 bilhões, valor bem menor do que o pedido pela equipe econômica. Carlos Andreazza e Marcella Lourenzetto falam sobre a PEC defendida por Bolsonaro para reduzir o preço dos combustíveis e da energia elétrica. A proposta, na prática, pode ser pouco efetiva para o consumidor e ainda gerar um rombo fiscal. Andreazza e Lourenzetto entrevistam o filósofo, professor de Gestão de Políticas Públicas da USP, colunista do jornal O Globo, Pablo Ortellado. Ele fala sobre o movimento de banir o aplicativo de mensagens Telegram no Brasil.

  • Campanha de Bolsonaro tem discussão familiar sobre contratação de um marqueteiro

    24/01/2022 Duración: 09min

    De um lado, Flávio, que será o coordenador da campanha, defende uma estrutura profissional; do outro, Carlos, responsável pelas redes sociais em 2018, quer reeditar o feito neste ano. O em torno político do presidente também pressiona pela contratação de um marqueteiro. Para Natuza Nery, em 2022, Bolsonaro precisa mudar o foco da eleição passada: 'dessa vez, a situação é diferente: ele não é mais antissistema'.

  • Os dias agitados de Moro

    24/01/2022 Duración: 04min

    O comentarista da CBN e colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim, diz que, por um lado, Moro tem se esforçado para fazer a candidatura dele decolar, mas, por outro lado, 'ele tem que lidar com uma dor de cabeça que os adversários dele no mundo político querem elevar para uma enxaqueca insuportável'. Comentarista fala da investigação aberta no TCU para apurar se havia conflito de interesse no trabalho que ele prestou para a consultoria americana Alvarez & Marsal. O MP junto ao TCU está estudando pedir um relatório de inteligência ao Coaf para saber quanto Moro recebeu durante o ano que trabalhou para a consultoria americana.

  • Enquanto Bolsonaro alimenta a base eleitoral, Doria tenta se cacifar como o 'pai da vacina'

    22/01/2022 Duración: 19min

    Após a aprovação da Anvisa e início da vacinação infantil contra a Covid-19, o presidente ainda segue a criar suspeitas sobre a eficácia das vacinas. O cientista político Bruno Melo analisa a politização do tema no Brasil. 'Bolsonaro sempre ficou muito preocupado em mobilizar suas bases eleitorais. Doria tentou se contrapor para ficar em evidência do ponto de vista político e tentar se cacifar como o pai da vacina', aponta Melo.

  • Legado de Brizola é disputado por netos e ex-rivais

    21/01/2022 Duración: 14min

    Bernardo Mello Franco fala sobre o centenário do político, que 'é uma das personagens mais marcantes da nossa história republicana'. Comentarista destaca que Brizola, que já foi uma figura controversa, hoje em dia está sendo reverenciado por todo mundo.

  • Termina hoje prazo para sanção do Orçamento; lançamento da pré-candidatura de Ciro Gomes; e as federações partidárias

    21/01/2022 Duración: 23min

    Marcella Lourenzetto destaca na abertura do programa que termina hoje o prazo para sanção presidencial do Orçamento de 2022. O projeto foi aprovado pelo Congresso em meados de dezembro. A repórter Mariana Machado traz a informação de que o PDT lança hoje a pré-candidatura do ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes. O repórter Ricardo Porto ressalta que, enquanto o PDT lança a pré-candidatura de Ciro, PT e PSB tentam aparar as arestas entre eles. Ontem, dirigentes das duas siglas, como a presidente do PT, Gleisi Hoffman, e do PSB, Carlos Siqueira, foram à imprensa dar declarações pacificadoras, mas não chegaram a um entendimento sobre o maior colégio eleitoral do país, que é São Paulo. Lourenzetto entrevista Marcela Machado, professora do Instituto de Ciência Política da UnB, pesquisadora do Observatório do Congresso. Ela fala sobre federações partidárias e as implicações desse tipo de união.

  • Odorico e o projeto de aumento do funcionalismo em Sucupira

    21/01/2022 Duración: 03min

    O prefeito fica nervoso com o sumiço da cópia do projeto. Odorico diz que 'todo mundo é contra as mordomias enquanto não pega umas beiradas'. Por aqui, apenas três categorias foram beneficiadas com reajustes e o governo Bolsonaro é pressionado pelas demais.

  • Moro e as conversas com Bivar para eventual transferência de partido

    21/01/2022 Duración: 04min

    O comentarista da CBN e o colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim, destaca as conversas de Moro com Luciano Bivar, que é presidente do PSL, e vai ser presidente do União Brasil, que vai surgir em fevereiro como resultado da fusão entre PSL e DEM. Será o maior partido brasileiro em número de deputados e maior fundo eleitoral para gastar nas eleições, além do maior tempo de TV.

  • Governo Bolsonaro faz nova politização da Coronavac

    21/01/2022 Duración: 11min

    Andreia Sadi fala da autorização da Anvisa para vacinar crianças de 6 a 17 anos com CoronaVac e a reação do ministro Marcelo Queiroga. Ela diz que o o governo Bolsonaro utiliza a mesma estratégia contra o imunizante como fez em 2020, no início da vacinação para adultos, para atacar o governador de São Paulo. Doria já falou que venderá a CoronaVac para governadores caso o Ministério da Saúde não compre.

  • Base bolsonarista está 'em pé de guerra'

    20/01/2022 Duración: 11min

    Bernardo Mello Franco avalia que ressentimentos começaram a vir à tona após o ideólogo Olavo de Carvalho disparar críticas contra o presidente e seu governo. Desde então, ex-ministros próximos a Olavo, como Abraham Weintraub e Ernesto Araújo, também têm incomodado o Planalto. Bernardo destaca, ainda, que por trás da 'briga pública', há também uma disputa pelas candidaturas aos governos estaduais e ao Senado.

  • Anvisa decide sobre uso da CoronaVac em crianças; Bolsonaro e o reajuste do funcionalismo; ICMS dos combustíveis

    20/01/2022 Duración: 25min

    Mariana Machado destaca que a Anvisa decide hoje uso da CoronaVac em crianças de 3 a 17 anos. Carlos Andreazza e Marcella Lourenzetto falam sobre Bolsonaro que reafirmou ontem, em entrevista, que pode garantir o reajuste salarial apenas para policiais federais, rodoviários federais e agentes do Departamento Penitenciário. Ele também descartou uma correção linear para as demais categorias do funcionalismo ainda neste ano. O presidente culpou os gastos com a pandemia para dizer que não tem dinheiro para o reajuste de todo o funcionalismo. Andreazza e Lourenzetto entrevistaram David Zylbersztajn, doutor em Economia, professor do Instituto de Energia da PUC Rio e ex-diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo. Ele fala sobre o ICMS dos combustíveis - e o peso do imposto no preço final.

página 1 de 2